Joaquin Phoenix deve ser o novo Coringa – e agora?

A possível contratação do ator para ser o Coringa em um novo filme de origem causou confusão entre os fãs

A notícia de que Joaquin Phoenix interpretaria o Coringa em um eventual filme de origem do vilão deixou muita gente surpresa. Não pela existência do longa em si – o projeto já parecia bem certo quando a Warner Bros. anunciou o diretor Todd Phillips e a participação de Martin Scorsese na produção. O que deixou os fãs surpresos foi a escolha de um ator praticamente da mesma idade que Jared Leto, o atual Coringa no Universo da DC nos cinemas, para fazer um filme de origem. Como Phoenix poderia ser uma versão jovem de alguém apenas três anos mais velho?

A explicação oficial é de que o longa fará parte de um novo “selo” da DC, que produzirá histórias desassociadas do universo estendido que já tem a Mulher-Maravilha de Gal Gadot e o Coringa de Leto. A ideia não é nova nas HQs – a premiadíssima “Batman: A Piada Mortal”, de Alan Moore, já seguia por essa linha em 1988.

(Ainda não sabe o que é a DC? Confira nossa explicação aqui)

NESSE CASO, COMO SERIA O FILME?

Supondo que seja mesmo uma história à parte do universo compartilhado da DC, o filme de origem do Coringa pode beber de diversas fontes. “A Piada Mortal” certamente é uma delas. A trama acompanha o palhaço do crime em sua tentativa de provar ao mundo sua loucura, enquanto passeia em flashbacks para mostrar seu passado problemático. A ambientação oitentista da HQ se encaixa com a notícia de que o filme se passaria nos anos 80. Além disso, seu tom sombrio e violento se adaptaria perfeitamente ao gangsterismo de Martin Scorsese e seria um prato cheio aos amantes do Coringa de Heath Ledger.

Heath Ledger como Coringa.
Heath Ledger como o palhaço Coringa, em “Batman: O Cavaleiro das Trevas” (2008). O ator ficou eternizado por seu papel, que inclusive lhe rendeu o Oscar póstumo de Melhor Ator Coadjuvante.

Porém, o problema dessa abordagem seria explicar as mudanças ao grande público. Por bem ou por mal, o Coringa já tem o rosto e a personalidade de Jared Leto; como apresentar outro ator no mesmo personagem? E se, assim como em “A Piada Mortal”, o filme introduzisse Batman, quem veríamos no papel?

OUTRA POSSIBILIDADE: UMA MUDANÇA DE RUMOS

Todas essas questões levaram alguns fãs a se perguntarem se a iniciativa não é uma forma de a Warner corrigir seus rumos. O Coringa de Leto, apresentado ao público em “Esquadrão Suicida” (2016), passou longe de conquistar o público que ovacionou Heath Ledger em “O Cavaleiro das Trevas”. Joaquin Phoenix, nesse caso, poderia muito bem ser uma nova tentativa.

A medida não seria uma surpresa. Após acumular uma série de fracassos comerciais – mais recentemente com “Liga da Justiça” –, a Warner Bros. vem reestruturando seu universo de super-heróis nos cinemas. Jon Berg, responsável pelo braço cinematográfico da DC, já foi substituído. O próprio Ben Affleck não estará envolvido na nova trilogia de Matt Reeves – saiba mais. O momento para a substituição de Jared Leto não poderia ser melhor.

O controverso coringa de Jared Leto, em cena do trailer de “Esquadrão Suicida”. Fonte: Divulgação.

MAS COMO A DC FARIA ESSAS MUDANÇAS?

A resposta parece estar em “Flashpoint”, o filme solo de Flash, já em pré-produção, que adaptará a série homônima de HQs. A história foi responsável pelo reboot de todo o universo da DC nos quadrinhos. Na trama, após aprender a viajar no tempo, Flash volta ao passado para tentar salvar sua mãe. Porém, quando tenta corrigir os rumos de sua família, o garoto acaba alterando toda a linha do tempo para uma realidade alternativa. Bruce Wayne foi assassinado e é seu pai o Batman, em uma versão muito mais agressiva; Martha Wayne acaba enlouquecendo, tornando-se o Coringa; e a Mulher-Maravilha e Aquaman estão envolvidos em uma guerra sangrenta que dizimou uma parte da Europa.

Já foi indicado que “Flashpoint” seria a última participação de Ben Affleck no universo DC, mas até isso ja está em cheque. Como o longa, que tem previsão de estreia para 2020, deve chegar aos cinemas antes do Coringa de Joaquin Phoenix, existe uma boa chance de que a Warner use a oportunidade para fazer uma “reforma seletiva” em seu universo. Ficariam os personagens de sucesso – a Mulher-Maravilha de Gal Gadot e o Aquaman de Jason Momoa, por exemplo –, sairiam os mais problemáticos.

Ben Affleck e Gal Gadot, em “Liga da Justiça”. Ator de Batman está com seus dias contados no papel.

MAS ISSO SERIA BOM?

Em termos. Excluir atores e substituí-los por outros numa tentativa de agradar ao público pode ser uma faca de dois gumes. O problema da identificação do espectador com o personagem seria resolvido, mas como explicar todas as mudanças em um único filme sem que o público fique confuso? Além do mais, a atitude drástica significaria voltar à “estaca zero” em uma corrida que a DC já vem ficando para trás. Fazê-lo não seria um atestado de fracasso da Warner Bros.?

AFINAL, QUAL DEVE SER O NOVO FILME DO CORINGA?

A melhor alternativa parece ser abordar o Coringa de Joaquin Phoenix como o vilão original. Ele existe no mesmo universo que o Coringa de Jared Leto porque veio antes dele. Como a história deste filme se passaria nos anos 1980, seria uma alternativa plausível. Nesse caso, o primeiro Coringa teria conquistado alguns seguidores e influenciado outras pessoas a assumirem seu “cargo” – dentre elas o personagem vivido por Jared Leto.

Esse caminho parece ser a menos drástico e mais simples. Na TV, “Gotham” já usou uma abordagem semelhante. Introduzir um “Coringa original” se adequaria à ideia de sucessão, sempre tão presente no universo da DC (o Batman, por exemplo, nem sempre foi Bruce Wayne). Isso também daria ao público duas versões do palhaço: uma gangster, mais experiente, sombria e sanguinária (a de Phoenix); e uma mais jovem, impulsiva e caótica (a de Leto). Comercialmente, essa pode ser a melhor saída.

Antes disso, porém, o Coringa de Jared Leto ainda deve voltar aos cinemas no ano que vem em “Esquadrão Suicida 2” – saiba mais aqui. Há também um filme solo deste Coringa, anunciado recentemente – saiba mais.

Fique ligado na Casa27 para mais informações sobre o filme de origem do Coringa. 

Saiba mais sobre a DC:

Comente Aqui!