terça-feira, 13 novembro, 2018

Havia, na boêmia Paris dos anos 1920, uma Casa diferente.

Não era bela como as mansões da Champs-Élysées, nem luxuosa como o ‘Versailles’. A verdade é que quem parasse diante da Casa do número 27 da Rue des Fleurus não veria grande coisa.

Sua beleza estava no interior.

Todos os sábados, a Casa contrariava a moda da época ao abrir as portas para receber expatriados, aspirantes à arte, “comuns” enfim, que se reuniam pelo simples prazer de respirar a atmosfera de arte e cultura!

A iniciativa foi um marco na História da Arte. Pablo Picasso, Ernest Hemingway, Ezra Pound, James Joyce, Henri Matisse e tantos outros eram assíduos no saloon da Casa 27. Um verdadeiro ícone de democracia, revolução, pensamento criativo, que já à época funcionava a partir do tão atual modelo colaborativo.

Por isso é que criamos este site! E, na nossa Casa27, o entretenimento é abordado de forma acessível, descomplicado! Ele é, afinal, de todos. E para todos.

Sinta-se à vontade: a porta está aberta! Entre, explore, acesse, investigue, colabore, aproveite, deleite-se! Aqui nós resgatamos, juntos, a mais pura essência da cultura e do entretenimento!

CONECTE-SE

2,037FãsCurtir
828SeguidoresSeguir
113SeguidoresSeguir
X